sábado, 8 de dezembro de 2018

Oxum e Aparecida: semelhanças


Aqui no sudeste Oxum é sincretizada com Nossa Senhora Aparecida e sou devota das duas desde muito menina. Na última vez que estive numa roça, ia tomar um  banho de ervas, pois estava triste, desesperada e sozinha, olhei o alto do quarto e em cima da porta, lá estava uma imagem de Aparecida, sorri e pensei: até aqui? É mamãe Oxum, me acompanhando.
Hoje, 8 de dezembro, dia de Mamãe Oxum, copio aqui o texto "NOSSA SENHORA APARECIDA E OXUM. O QUE ELAS TÊM O QUE EM COMUM?", Por: Mônica Raouf El Bayeh, disponível neste link:

Você é filho de quem? Qual mãe é a sua? Quem te protege quando o tombo é tão feio que nem do chão você levanta? Esparramado no chão, gemendo, morto pena de si mesmo, a quem você pede colo?
Precisamos de mães. É fato. Porque engatinhamos nas artes da vida. E é muito duro se sentir completamente só nessa caminhada. Mas precisamos de mães que durem mais que as nossas. Perdoem e aceitem mais que as nossas. E, se possível, tenham influência com o gerente lá de cima. Porque tem horas que vou te contar...
Hoje é dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. Ou seja, ela é quem dá uma força por aqui. Hoje também é o dia de Oxum. O que elas têm em comum? Tudo!
São mulheres. São negras como a maioria do nosso povo. São mães. Sensíveis se comovem com nosso sofrimento. Se compadecem de nossas dores. São generosas como os rios e as cachoeiras. Nos guiam para a fartura, a vida e a fartura da vida.
A imagem de Nossa Senhora Aparecida foi achada num rio. Primeiro o corpo, depois a cabeça. Depois vieram os peixes que os pescadores precisavam. Tantos que o barco quase afundou.
Oxum é a rainha das águas doces dos rios e das cachoeiras. Oxum é a mãe que chora junto. É orixá dos sentimentos. Coincidentemente, também da generosidade, da capacidade de gerar frutos de várias formas.
É pelos sentimentos que frutificamos ou secamos. Quantas criaturas reclamonas, amargas e secas nós conhecemos? Puxe da memória! Faça sua lista. Quantos trambiqueiros que acham que só conseguem subir usando os outros de escada? Seres que não percebem que é o que brota deles que gera pobreza ou riqueza.
A pior das pobrezas é a do espírito. É não perceber que pode brotar, florir, repartir. É se perceber vazio e ali estagnar. Onde há estagnação, não há vida. Vida é rio, é cachoeira. Vida é soma de afluentes, mistura, tudo junto ganhando força e crescendo.
A capacidade de amar e ser amado. A riqueza de dividir e ver o outro crescer. A ousadia de, mesmo com medo, arriscar. Mergulhar, lançar a rede, insistir. Isso é a vida. E se não der certo, senta e chora. Depois tenta de novo. Isso é Oxum.
Nem sempre conseguimos de primeira. Essa é a mensagem de Nossa Senhora Aparecida. É preciso empenho. E, principalmente, fé. Porque sem fé, os pescadores já teriam desistido de pescar naquele lugar e ido embora.
Eles insistiram. Pediram e ficaram tentando. Ficaram pela fé. É preciso ter fé. Sempre. Mas é preciso mais. Vida exige atitude. Embarcar, Jogar a rede de um lado, jogar do outro. Sem trabalho nada é possível.
Oxum, a orixá chorona, nos ensina que a gente pode chorar. Por que não? Num mundo onde tudo parece tão árido, as lágrimas limpam, regam, hidratam. Oxum chora. Muitos dizem que ela já chega chorando. Por que? Não sei detalhes, perguntem a ela.
Mas me parece que a grande lição que essas mulheres negras e fortes querem nos passar é que, às vezes, a correnteza é forte demais e a gente não dá conta. E tem, sim, o direito de sentar na margem e deixar a alma transbordar pelos olhos. Só não tem o direito é de parar de tentar.
Salve Oxum! Salve Nossa Senhora Aparecida!

RELEMBRANDO 2018 1: Imagens de Camila

Em dezembro vou tentar digerir o que foi o duro ano de 2018 de diversas formas,, a cada semana. 
Começo no  melhor estilo "Já acabou, Jéssica", comprovando, mês a mês, como  2018 veio acabando comigo! Glória Deuxxx!


quinta-feira, 29 de novembro de 2018

NOVO ARTIGO MEU: : As novas realidades das “fictâncias” de Guimarães Rosa, na revista Topói



OS MENINOS DE ROSA - Quatro anos depois da minha defesa, foi publicado na conceituada revista Topói mais um artigo sobre a representação da infância nas estórias de Guimarães Rosa, nele eu trato de um tema que não apareceu na tese, é sobre os MENINOS, esse tipo de personagem que é o mais fofo que meu autor criou! Gosto muito deste artigo porque ele apresenta a minha metodologia de interpretação de Rosa usada no doc, falo sobre ficção , manuscritos e História! Aos interessados na abordagem histórica da literatura que experimentei com a obra rosiana, desfrutem neste link!

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Feriado da Consciência Negra IMAGENS

Ok, ok, somos todos iguais e o que importa é a consciência humana... mas ainda existem humanos mais humanos que outros. Porque ainda existem os humanos que sofrem de racismo, são vítimas de genocídios, são os primeiros a levar a culpa (até quando nem houve crime, isso já aconteceu comigo!), ainda são os primeiros descartados nos processos seletivos de emprego por exemplo, são os silenciados, os que são facilmente presos, repreendidos, vetados, etc, que AINDA É PRECISO UM DIA PARA REFLETIRMOS SOBRE COMO É A VIDA DO NEGRO NO BRASIL, SIM! 
#ConsciênciaNegra✊🏿













5 TEXTOS SOBRE INFLUÊNCIA AFRO NA CANÇÃO POPULAR BRASILEIRA


1."O simbolismo afro-brasileiro no cancioneiro de Jorge Ben" - 14 de maio d 2018
[https://blog.loja-axe.com/…/o-simbolismo-afro-brasileiro-no…]
2."Tecnomacumba: 15 anos de um canto de resistência contra a intolerância religiosa" - 19 de junho de 2018
[https://blog.loja-axe.com/…/tecnomacumba-15-anos-de-um-cant…]
3."Negritude, música e ancestralidade em Milton Nascimento" - 16 julho de 2018
[https://blog.loja-axe.com/…/negritude-musica-e-ancestralida…]
4."Um samba mais negro : Os Afro Sambas de Baden Powell e Vinicius de Moraes (1966)"- 5 de outubro de 2018
https://blog.loja-axe.com/…/um-samba-mais-negro-os-afro-sam…]
5."'Afro é todo o Brasil e está dentro da gente' : Os Afro Sambas de Baden Powell (1990)" - 16 de outubro de 2018
[https://blog.loja-axe.com/…/afro-e-todo-o-brasil-e-esta-den…]

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Palavras Bolha de Sabão de Guimarães Rosa : é como "a gente" fala em Minas


ESTUDAR GUIMARÃES ROSA É UM SENTIDO PARA A VIDA. Depois de cerca de 10 anos estudando Rosa, me surge uma leitura totalmente nova:
"DIADORIM: Não é nem feminino, nem masculino, é neutro, é como mais um palavra bolha de sabão de Guimarães Rosa, que não se concretizam porque o gênero, de fato, da maneira como a gente fala em Minas é o que menos importa, a gente reduz e tira o gênero porque a gente tirou o final q não sabe se é O ou se é A e isso muito curioso porque muitas vezes, nesse contato com essas pessoas, muitas vezes elas tratam esssa questão com uma simplicidade , elas não complexifica até o final para chegar no gênero , elas quebram antes, então às vezes as pessoas quebram o esteriótipo de gênero e vivem a vida delas sem pensar que estão fazendo isso, elas nem sabem o que é esteriótipo nem sabem o que é gênero, nem querem saber, elas estão vivendo, estão sendo ali" ( Fred Botrell)
Acho que ssa leitura é maravilhosa, super valoriza a oralidade, os modos da fala como agentes na realidade em Guimarães Rosa, Me arrepio toda!
(Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=cykjdyHRf6s)

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Sobre Oxóssi e os caçadores

Oxóssi

Dentre todos os Odés (caçadores) o que sobreviveu e ganhou alto significado no Brasil como sinônimo de caçador foi Oxósi, assim como Xangô, em alguns lugares seu nome tem o mesmo significado que "religiões afro brasileiras". A ele se saúda Okê Arô !, saudação que significa
"Okê é monte e Arou é um título honroso dado aos caçadores. Assim a saudação Okê Arô significa “Salve o Grande Caçador!” Okê é monte e Arou é um título honroso dado aos caçadores. "
 Sou D'Oxum e amo Oxóssi!  Segundo as lendas, é o rei Xangô o amor para a vida toda de Oxum, o rei que a fez rainha (por isso ela tem os  olhos cobertos em algumas representações). 

Oxum e Oxóssi  
Mas antes dele ela amou outro poderoso, teve com ele o filho mais belo "o rei de Ketu, caboclo da mata odé,odé "... para mim, na vida e nas lendas, o casal mais bonito é mesmo Oxóssi e Oxum