terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

LOBÃO TEM RAZÃO!

E agora ele tem mesmo! Nem falo nada da polêmica entre Caetano e Lobão (típico caso de "tapas e beijos"), mas é que eu vi, de relance, Lobão falando umas coisas muito interessantes na TV outro dia...

Segundo ele, quando era jovem, todos os moços e moças queriam inovar, fazer algo maior e inovador... todos eram ou queriam ser empreendedores! E hoje? Hoje o que todo mundo quer é ser aprovado em um Concurso Público, para ter ESTABILIDADE FINANCEIRA!

Isso é triste demais! Vamos formar uma nação de concursados, que despejam toda sua energia em atividades burocráticas?

Que país é esse?

Eu vivo muito isso, porque estão (ou estavam) abertas as incrições para o cargo de professor do Estado aqui São Paulo. Todo mundo me pergunta se eu já me inscrevi e ficam sem compreender porque eu digo que não, não me inscrevi...

Olha, eu posso pagar seriamente pela minha opisição, mas por enquanto eu acredito nela: Não estudei por mais de 10 anos na melhor universidade do Brasil (pelo menos na minha área, e ela NÃO É A UNIP, não!) para chegar onde estou- ser aluna de doutorado- e concorrer com pessoas que já poderiam ser meus alunos em alguma faculdade da vida...tudo por causa da tal estabilidade.

Que estabilidade é essa? Conformismo? Ataque cruel à qualquer espécie de auto estima que eu já tive? Fora que eu sei de casos de pessoas que tem o mesmo problema de saúde que eu que se deram mal atuando como professoras do Estado...

Eu ainda acredito nas minhas escolhas: Escolhi ser uma pesquisadora, uma estudiosa.

Mesmo no país dos concursados, eu acredito na formação de cabeças, não de concursados!

Lobão tem razão!

Um comentário:

Dan disse...

Oi Camila,

É isso aí, concordo plenamente com você.

Abraços